Matcha | O chá que mais queima calorias

Chá verde, originário do Japão
e que é encontrado na forma de em pó ou moído.


Além de que o matcha emagrece, ele tem as suas propriedades
relacionadas a outros efeitos positivos para o organismo,
como a redução dos níveis de colesterol ruim (LDL),
na prevenção contra o câncer e no aumento de energia.


Foto: http://revistadonna.clicrbs.com.br/porai/2015/02/05/matcha-o-cha-verde-elevado-a-centesima-potencia/


Vamos saber mais sobre o que é o matcha,
como ele nos ajuda no processo de emagrecimento e conhecer
os outros benefícios que ele proporciona ao nosso corpo?


Fonte:
http://www.mundoboaforma.com.br/matcha-emagrece-o-que-e-beneficios-onde-comprar-e-como-tomar/

Alfarroba | Uma alternativa ao chocolate

Naturalmente doce, a alfarroba dispensa o uso de açúcar
na fabricação de seus produtos, razão porque
tem se tornado crescente e importante alternativa ao chocolate.


Tem cara de chocolate, gosto de chocolate, mas não é chocolate.
Além de nutritivos, os produtos feitos com alfarroba
são isentos de lactose, glúten e açúcar,
podendo ser consumidos inclusive por quem tem alergia ao leite.


Apesar de não ter sido tão difundida como o cacau,
a Alfarroba já era usada pelos Egípcios há mais de 5.000 anos.
Fruto da Alfarrobeira, árvore nativa do mediterrâneo,
a alfarroba é uma vagem da qual se extrai a polpa
que é torrada e moída para se obter
o pó usado na substituição do cacau.

Foto: http://www.senado.gov.br/senado/portaldoservidor/jornal/Jornal132/nutricao_alfarroba.aspx


A alfarroba é uma vagem comestível, semelhante ao feijão,
de cor marrom escuro e sabor adocicado, utilizada
pela indústria de alimentos na produção de gomas e espessantes.

Na Europa, principalmente na Espanha e
recentemente em Portugal, a alfarroba
já é acrescentada a vários doces.

A alfarroba é um alimento saudável e de elevado valor nutritivo.
Contém vitamina B1- colaboradora para o bom funcionamento
do sistema nervoso, músculos, coração e melhora na atitude mental
e o raciocínio - tanto quanto o aspargo ou morango,
a mesma quantidade de niacina (mantém a boa condição da pele)
do feijão fava, lentilha e ervilha, e mais vitamina A,
que é essencial para o crescimento dos ossos e dentes,
vitalidade da pele e saúde da visão,
do que a berinjela, o aspargo e a beterraba.
Saiba mais sobre os benefícios da Alfarroba.

Fonte:
http://www.senado.gov.br/senado/portaldoservidor/jornal/Jornal132/nutricao_alfarroba.aspx
http://mundodaalfarroba.blogspot.com.br/p/alfarroba-e-seus-beneficios.html

Matbucha | Culinária de Israel

Matbucha é um prato cozido
de tomates assados ​​e pimentões
temperados com alho e pimenta.


O nome do prato é originário do árabe e significa "cozido".
É servido como aperitivo, e muitas vezes
como parte de um meze(refeição ligeira).
Em Israel ele é por vezes referido como "salada turca"
( hebraico : סלט טורקי salat Turki ).

Foto: http://toriavey.com/toris-kitchen/2012/04/matbucha/


Matbucha é muito popular
em todo o Magrebe(região noroeste da África).
Foi trazido para Israel por novos imigrantes
de Marrocos, Tunísia, Argélia e Líbia.

Não está claro quantos anos este prato tem,
uma vez que os tomates foram introduzidos para o leste
só perto do ano de 1800, e para a Europa
só depois que as Américas foram descobertas (1492).

Fonte: http://en.wikipedia.org/wiki/Matbucha

A culinária romena | Cozinha da Romênia

A culinária romena foi profundamente influenciada
pelos povos que, ao longo da história, povoaram
o território, dos quais se destacam os povos nómadas
de origem caucasiana, os húngaros e ainda os alemães.


Foto: http://zerafimcontosdeumanjo.blogspot.com.br/2013/11/romenia-comida-e-castelos-i.html


Uma vez que a Romênia esteve sob dominação turca
durante muitos anos, subsistem na sua culinária
inúmeros pratos de origem turca,
como a Moussaka (também usada na Grécia),
o Sarmale, o Baklava, o Halva, ou o Rahat.

De menor importância, mas ainda assim presentes,
são as influências das culinárias grega, eslava e francesa.
A Romênia é um país predominantemente agrícola,
onde a indústria se começou a desenvolver há apenas 25 anos.

O milho foi sempre uma das referências em termos
de produções agrícolas, daí que, de entre
os pratos mais conhecidos na Romênia se salientem
a Polenta e a Mamaliga (puré de milho com salada e vinagre).
Saiba mais sobre A culinária romena.

Fonte:
http://www.portalsaofrancisco.com.br/alfa/culinaria-romena/culinaria-romena.php